Apresentação de Trabalho Igual, Salário Diferente
dia 24/02/2018 | 0 Comentários

Quando ficou desempregado, em 2013, Francisco Fernandes Ferreira (FFF) tomou contacto com os portais de anúncios de oferta de emprego. Depois da surpresa inicial pela quantidade de anúncios disponíveis, rapidamente percebeu que, na maior parte dos casos, se tratava de expedientes para atracção de tráfego para esses sites, muito mais do que verdadeiros anúncios de emprego. Por outro lado, verificou também que, recorrentemente, os anúncios não só promovem e naturalizam abertamente os mais diversos tipos de precariedade, como traduzem práticas muito comuns de ilegalidade.

 

FFF decidiu então criar um blogue – o Ganhem Vergonha – onde foi registando os casos mais significativos. Rapidamente começou a receber relatos e denúncias de outros casos, que igualmente foi publicando no blogue. O tipo de casos relatados foi-se diversificando, compondo uma mosaico muito amplo de situações de precariedade no trabalho. Maioritariamente, as denúncias vinham de trabalhadores jovens (nascidos entre os anos 1980 e 1990), com formação superior ligada às tecnologias de informação e comunicação.

 

Depois da publicação de centenas de casos, o passo seguinte do processo foi compilá-los num livro. Apoiado numa bem-sucedida campanha de crowdfunding, o livro Trabalho Igual, Salário Diferente, que ontem foi apresentado na Tigre de Papel, foi então ganhando forma, vindo a ser publicado em 2017.

 

O livro está dividido pelos vários tipos de questões levantadas nos relatos: estágios, falso voluntariado, trabalho especulativo, recrutamento como ferramenta de marketing, falsos portais de emprego, trabalho muito qualificado e muito mal pago, projectos de empreendedorismo e recibos verdes. Cada um dos capítulos conta também com textos de diversas personalidades que têm, de algum modo, trabalhado nos temas da precariedade laboral, como sejam deputados, sindicalistas, académicos, etc.

 

Depois de uma apresentação inicial do livro, por FFF, tivemos oportunidade de conversar sobre vários temas, desde o relato mais detalhado de alguns casos concretos, ao papel e estado actual do sindicalismo ou aos modos políticos e sociais de enfrentar a presente situação. Trabalho Igual, Salário Diferente, tal como todo o projecto em que assenta, é um livro que tem o indiscutível mérito de fornecer um quadro muito amplo e claro da extensão e complexidade da precariedade laboral nos dias de hoje. Pode, por isso, ser uma utilíssima ferramenta de reflexão, mas também de acção e mobilização.