Comunismo: uma pequena história de como tudo poderá ser diferente

Era uma vez uma terra em que as pessoas ansiavam por se libertar da miséria do capitalismo. Como poderiam os seus sonhos tornar-se realidade? Este pequeno livro propõe um tipo diferente de comunismo, fiel às suas raízes e livre de autoritarismo. Aliviando muitos que se deixaram entorpecer pela exegese marxista ou pela pomposidade fervorosa da política socialista, apresenta a teoria política nos termos simples de uma história infantil, acompanhada por ilustrações de adoráveis pequenos revolucionários ​​experimentando o seu despertar político.

 

Tudo se desenrola como uma história com princesas ciumentas, espadas extravagantes, camponeses deslocados, patrões malvados e trabalhadores cansados, ou um tabuleiro Ouija, uma cadeira falante e uma grande panela chamada “o Estado”. Um modo animado de discutir a história económica do feudalismo, as lutas de classes no capitalismo, as diferentes ideias sobre o comunismo e muito mais. A competição entre duas fábricas acaba por levar a uma crise que os trabalhadores tentam resolver de seis formas diferentes (a maioria delas decalcada de modelos históricos de transformação comunista ou socialista). Todas as tentativas falham, uma vez que o comunismo é mais difícil do que poderia parecer. Por fim, as pessoas tomam tudo nas suas próprias mãos e decidem por si próprias como continuar. Final feliz? Só o futuro o dirá. Com um epílogo que aprofunda as questões teóricas por detrás da história, este livro é perfeito para todas as idades e todos quantos desejem um mundo melhor.

 

autor/a Bini Adamczak

13,00

Informação adicional

autor/a Bini Adamczak
nº de páginas 110
editora Tigre de Papel
ano de publicação 2020