tigre de papel

A livraria Tigre de Papel abriu há 1 ano. Vendemos livros novos e usados e notabilizamo-nos por ter uma programação regular, diversificada e de qualidade, com ciclos temáticos, debates, visionamento de filmes, comunidade de leitores, actividades para crianças e lançamento de livros, sempre com entrada livre.

Subscreva a nossa newsletter e receba regularmente, por e-mail, toda a nossa informação sobre os livros disponíveis na livraria, campanhas e eventos.

SUBSCREVA JÁ A NEWSLETTER TIGRE DE PAPEL!

Destaque

ESTE MÊS NA TIGRE DE PAPEL

fev_tigre
  • 10 de Fevereiro, sábado, às 16h | 2.ª edição História de uma cidade – workshop de arquitectura para crianças. Org. colectivo Arrumar-a-Rua
  • 12 de Fevereiro, segunda-feira, às 18h | 1 ano de políticas de habitação: desde a ‘Carta Aberta: Morar em Lisboa’ ao despejo da casa ocupada da Rua Marques da Silva (AOLX), conversa com Leonor Duarte (Morar em Lisboa), Bernardo Álvares e Catarina Santos (Assembleia de Ocupação de Lisboa – AOLX)
  • 14 de Fevereiro, quarta-feira, às 21h30 | Exibição do filme De l’autre côté, de Chantal Akerman, com comentário de Anne Leclercq
  • 21 de Fevereiro, quarta-feira, às 18h30 | Apresentação de Djidiu. A Herança do Ouvido. Leitura de poemas e conversa com Carlos Graça e Carla Fernandes
  • 22 de Fevereiro, quinta-feira, às 19h | Tertúlia dos Devoradores de Livros #15. Org. Imaginauta
  • 23 de Fevereiro, sexta-feira, às 18h30 | Apresentação do livro Trabalho Igual, Salário Diferente, organizado por Francisco Fernandes Ferreira
  • 24 de Fevereiro, sábado, às 16h | Tertúlia Feminista. Org. Júlia Zuza
  • 27 de Fevereiro, terça-feira, às 18h30 | Comunidade de leitores | O Retorno, de Dulce Maria Cardoso, com a participação da autora
  • 28 de Fevereiro, quarta-feira, às 18h30 | Debate sobre A Catalunha e A Esquerda, com a participação de Nuno Ramos de Almeida e Luhuna Carvalho

PRÓXIMOS EVENTOS

23/02/2018 @ 18:30
Tigre de PapelRua de Arroios, nº 25
Lisbon,
Get Directions
Depois de Porto e Braga, apresentamos agora o livro «Trabalho igual, salário diferente» em Lisboa, na livraria Tigre de Papel (Rua de Arroios, n.º 25).

A apresentação é aberta a todos os que se interessam por temas ligados à precariedade laboral e aos que quiserem saber mais sobre o trabalho da plataforma GANHEM VERGONHA e a produção deste livro (financiado por crowdfunding).

Cada capítulo de «Trabalho igual, salário diferente» é acompanhado pela opinião de personalidades que actuam em áreas próximas do mundo laboral: Abel da Costa Ferreira (inspector da ACT), João Camargo (activista), João Fernandes Ferreira (advogado), José Soeiro (deputado), José Vegar (jornalista), José Vítor Malheiros (jornalista), Luís Miguel Loureiro (jornalista), Manuel Afonso (sindicalista), Mário Moura (crítico de Design), Miguel Tiago (deputado), Nuno Ramos de Almeida (jornalista), Raquel Varela e Maria Augusta Tavares (historiadoras), Santana Castilho (professor), Tiago Barbosa Ribeiro (deputado), Tiago Gillot (activista), Rita Garcia Pereira (advogada) e Rita Rato (deputada).

A sessão contará com a presença de Francisco Fernandes Ferreira, organizador deste volume, que apresentará o projecto.

▶ Mais informação sobre o livro: bit.ly/SITD_GV.
24/02/2018 @ 16:00
Tigre de PapelRua de Arroios, nº 25
Lisbon,
Get Directions
Juntas – Tertúlia Feminista. Org. Júlia Zuza
Sábado, 24 de Fevereiro, às 16h, na livraria Tigre de Papel | Entrada livre

Quem são as escritoras que mais marcaram a sua experiência?

A Tertúlia juntas traz novidades para 2018. Além da leitura de textos de autoria feminina, haverá uma conversa mais próxima com as convidadas. Para a primeira edição do ano, Irma Toquero (Espanha- Catalunha), Josefina Cicconetti (Argentina), Júlia Zuza (Brasil) e Tathiane Mattos (Brasil) apresentarão as leituras de autoras que foram, e ainda são, marcantes em suas trajetórias pessoais e profissionais. Após o momento inicial, o diálogo será aberto para o público que poderá compartilhar textos de escritoras que consideram fundamentais em suas experiências.

Vamos juntas e juntos conversar e desfrutar da experiência artística feminina.

Imagem de capa: Colagem ‘Piquenique feminista nas sociais’ da artista e ativista Elisa Riemer.
28/02/2018 @ 18:30
Tigre de PapelRua de Arroios, nº 25
Lisbon,
Get Directions
Debate sobre A Catalunha e a Esquerda, com a participação de Nuno Ramos de Almeida e Luhuna Carvalho
Quarta-feira, 28 de Fevereiro, às 18h30, na livraria Tigre de Papel | Entrada livre

No processo político na Catalunha, a tradicional divisão esquerda-direita é frequentemente substituída, no discurso público, pela tensão entre independentismo e manutenção no Estado espanhol. Por exemplo, na sequência do último acto eleitoral, aquilo que parecia decisivo era saber que arranjos se fariam para determinar esse equilíbrio de forças, e não tanto para contabilizar uma vitória à esquerda ou à direita. Efectivamente, num processo complexo como é o da Catalunha, a tendência natural é um deslocamento das fronteiras para um espaço que vai muito para lá da divisão habitual do espectro político.

Sem perder essa realidade de vista, gostávamos, no entanto, de observar mais de perto como é que essas transformações têm impacto nas diferentes correntes e formações de esquerda, quer no plano partidário quer nos movimentos sociais. Um olhar sobre os acontecimentos na Catalunha na última dúzia de anos pode contribuir para gerar ideias mais claras sobre o que se passa hoje. É esse o exercício que fazem os investigadores Steven Rorti, Arnau Gonzàlez i Vilalta e Enric Ucelay-Da Cal, organizadores do volume El Proceso Separatista en Cataluña. Análisis de un Pasado Reciente (2006-2017), recentemente publicado (Granada: Comares, 2017) e à venda na Tigre de Papel.

Convidámos para esta conversa Nuno Ramos de Almeida (jornalista) e Luhuna Carvalho (investigador na área da Filosofia).